All You Need
In One Single
Theme.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat
Search here:
 

Revestimentos de interiores

Se vai fazer obras em casa, uma das principais escolhas recai sobre os revestimentos de interiores. Pode optar por revestimentos em cerâmica, pastilhas, pedras naturais, microcimento, madeiras ou por uma combinação de todos eles.

Revestimentos de Interiores em Cerâmica/Mosaicos e Pastilhas

Os revestimentos em cerâmica são os mais indicados para espaços onde há uma grande concentração de humidade, como a casa de banho e a cozinha. São duráveis, resistentes ao vapor de água, fáceis de limpar e, muitas vezes, antiderrapantes. Além disso, com a quantidade de cores, padrões e formatos disponíveis, de certeza que encontrará um ao seu gosto.
Outra das vantagens de optar por mosaicos é que, muitas vezes, evita o trabalho de retirar os anteriores. Caso se trate da primeira substituição, e desde que o revestimento anterior esteja nivelado, podem colar-se os novos mosaicos por cima dos anteriores. Isto não só reduz o custo da obra, como também a sua duração e o desconforto para si.
Hoje em dia, os revestimentos com pastilha também estão muito na moda, especialmente para o revestimento das áreas de duche. Podem ser de vidro, cerâmica ou porcelana e duram até 30 anos. É preciso aplicar argamassa para assentar as pastilhas, o que aumenta o custo e o tempo da obra. Apesar de conservarem o brilho, deve evitar-se o uso de detergentes ácidos durante a limpeza.
Revestimentos de interiores madeira
Revestimentos de interiores pintura
Revestimentos de interiores

Pedras Naturais

O revestimento de interiores com pedras naturais apresenta, normalmente, um maior custo para o cliente. O resultado final é um pouco mais pesado do que com outros materiais e, por isso, funciona melhor quando não é aplicado em todas as paredes. Costumamos usar este tipo de revestimento numa só parede da sala, por exemplo. De resto, por ser um material mais difícil de combinar do que outros, deve sempre aconselhar-lhe com os nossos profissionais ou com um designer de interiores.

Microcimento

O microcimento é um dos materiais mais versáteis que utilizamos atualmente. Pode ser usado no chão, paredes e teto sem qualquer problema.
Como principais vantagens, destacamos o facto de não fissurar facilmente, ser impermeável, manutenção simples (basta ser limpo regularmente com água e sabão) e a possibilidade de o personalizar com várias cores e texturas. Todas estas vantagens tornam o microcimento numa boa opção em termos de custo/benefício.
Dependendo do tipo de decoração que pretende, pode ser aplicado na sala, cozinha (no chão, bancada, paredes) e na casa de banho (maioritariamente nas paredes, mas também em bases de duche e jacuzzis).

Madeira

Na sala e nos quartos, existe a hipótese de aplicar revestimentos de interiores em madeira (nomeadamente em MDF). Dependendo do que tem em mente, este tipo de revestimento tanto pode criar um estilo rústico e pitoresco como um espaço moderno e nobre. Ressalvamos, porém, que não é o mais adequado para casas com bastante humidade, embora já existam soluções hidrófugas e com mais estabilidade no que diz respeito ao comportamento da água.
Há vários cores de madeira disponíveis e o formato mais comum são faixas retangulares. Ainda assim, alguns fabricantes portugueses já oferecem revestimentos com diversos relevos e formatos, criando um visual muito mais moderno.
[contact-form-7 id="6122" title="Pedido de orçamento principal"]