All You Need
In One Single
Theme.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat
Search here:
 

Cozinha ergonómica

Uma cozinha ergonómica é a melhor forma de aproveitar o seu espaço. Planear as medidas e a altura dos armários, gavetas estrategicamente posicionadas e a iluminação são alguns dos pontos-chave.

Desenhar os móveis de cozinha

É impossível falar de cozinhas ergonómicas sem ponderar o desenho dos móveis de cozinha. Em primeiro lugar, ter os móveis a uma altura adequada vai fazer com que seja mais confortável usar a banca de cozinha e o lava-loiças, entre outros eletrodomésticos. Alguns autores sugerem que ninguém deve precisar de se dobrar; por isso, a bancada não precisa de ter mais do que 90 cm de altura ou, no caso das pessoas com mais de 1.90m, 1 metro. Devem estar pelo menos a 10 cm de altura do chão. Se a sua mão toca no fundo do lava-loiças sem ter que se dobrar, então está perfeito. A profundidade dos armários deve ser à volta de 60 e 75 cm, que também é a medida da maioria das máquinas e fogões.
Depois há a questão dos armários superiores. A distância entre a bancada e os armários superiores deve ser entre 40 e 55 cm. Para não bater com a cabeça, os armários superiores devem ter menos profundidade que os inferiores – à volta dos 35 cm.
Optar pelos eletrodomésticos embutidos também pode ajudar numa cozinha ergonómica, mas deve ter em atenção a altura onde os coloca. O micro-ondas, por exemplo, não deve estar demasiado alto (acima dos 1.20m). O forno deve estar a alturas baixas e não à altura da sua face para evitar o calor direto ao abrir a porta.
Na planta, é preciso calcular também o espaço que fica para a circulação dos moradores.
Remodelação de cozinha ergonómica moderna

Remodelação de cozinha ergonómica com móveis revestidos em melamina.

Remodelação de cozinha ergonómica amarela

Remodelação de cozinha ergonómica com móveis termolaminados.

Remodelação de cozinha ergonómica

Remodelação de cozinha ergonómica.

Gavetas

Tal como os armários, as gavetas devem estar a pelo menos 10 cm do chão; caso contrário, poderá magoar-se para as abrir. A profundidade habitual de 60 a 75 centímetros também funciona, pois assim consegue chegar facilmente a tudo o que arrumar dentro das suas gavetas.
Achamos conveniente ter pelo menos um armário com gavetas: são úteis para arrumar os talheres e outros utensílios mais pequenos, panos de cozinha e até as toalhas para a mesa de refeição. As gavetas com corrediças deslizantes são mais práticas. Em relação ao método de abertura, pode escolher entre as dezenas de puxadores disponíveis ou o novo método de “fecho toque” (mais dispendioso).

Iluminação

A bancada deve ter uma boa iluminação. Para uma cozinha ergonómica, instalar iluminação LED embutida nos armários superiores é uma boa hipótese.
[contact-form-7 id="6122" title="Pedido de orçamento principal"]